Vacinação

Única forma de prevenção de doenças nos animais, a vacinação é fundamental para que os animais de estimação tenham uma vida saudável e feliz. Quando não vacinados, os animais ficam expostos a doenças virais transmitidas pelo ar ou por secreções deixadas por outros animais doentes no ambiente, as quais, além do risco de morte, também podem deixar sequelas irreversíveis nos animais.

As vacinas devem ser iniciadas em torno dos 45 dias de vida do filhote e reaplicadas anualmente pelo resto da vida. Por mais que a imunidade seja muito boa no primeiro ano de vida, a continuação do programa de vacinação é fundamental.

 

Nosso diferencial

No HV da UPF, os proprietários dos pacientes recebem toda orientação dos médicos-veterinários quanto aos protocolos de vacinações que garantam a saúde e a proteção contra doenças infectocontagiosas. 

Durante o ato da vacina, nossos profissionais desenvolvem uma avaliação completa dos pacientes, a qual dispõe informações referentes ao manejo alimentar e às trocas dentárias, além de exame físico completo.

Os proprietários são orientados sobre a importância de check-up preventivo, em especial nos pacientes de idade média e avançada. 

Nenhum paciente é vacinado antes de um exame físico completo e de orientações de profilaxia. Nossos clientes também recebem orientações quanto ao uso de vermífugos.

 

Controle de vacinação 

 

Cães

No primeiro ano de vida, o filhote deve receber três doses da vacina V8 e uma dose da antirrábica, assim distribuídas: 

  • aos 45 dias > primeira dose da vacina polivalente (V8).
  • aos 65 dias > segunda dose da vacina polivalente (V8).
  • aos 90 dias > terceira dose da vacina polivalente (V8).
  • aos 120 dias > antirrábica.  

As vacinas V8 e antirrábica devem receber reforço anualmente. Nas regiões de maior risco ambiental, é indicada a vacinação contra leptospirose a cada seis meses. 

O HV também dispõe de vacina contra giárdia, leishmaniose, e traqueobronquite infecciosa. O uso e periodicidade devem ser discutidos com o médico-veterinário. 

 

Gatos 

  • 60 dias > vacina quádrupla.
  • 90 dias > reforço da quádrupla.
  • 150 dias > antirrábica. 

As vacinas quádrupla e antirrábica devem receber reforço anualmente.

 

Vermífugos

  • Aos 15 dias > primeira dose
  • Aos 21 dias > segunda dose
  • Aos 28 dias > terceira dose
  • Aos 45 dias, junto com a primeira vacina e assim sucessivamente, acompanhando o esquema vacinal.  

A manutenção será realizada de acordo com o ambiente e pode variar de periodicidade mensal, para áreas onde exista o risco do verme do coração (Dirofilária immitis), até bianual.